Payfac

Soluções para frente de caixa de supermercado: vale a pena utilizar Pix?

O Pix é um meio de pagamento bem recente. Mas será que já vale a pena ter nana solução de frente de caixa do supermercado? Confira.


Ter vários meios de pagamento disponíveis na sua solução de frente de caixa de supermercado representa um grande ganho para o cliente e para o estabelecimento. Afinal, clientes bem atendidos se sentem satisfeitos e tendem a voltar na loja mais vezes, trazendo lucro e retenção para o estabelecimento comercial.

E foi com este objetivo, de beneficiar pagadores e recebedores, que, desde novembro de 2020, o Banco Central disponibilizou o Pix. O conceito do Pix é simples: permitir transferências instantâneas de valores entre contas por meio dos dados bancários, de chaves como telefone, e-mail, CPF/CNPJ ou uma chave aleatória gerada pelo Banco Central, e de QR Codes. E o consumidor pode realizar tudo isso pelo celular.

Então, a pergunta é: será que vale a pena ter Pix na frente de caixa de supermercado? Continue a leitura e entenda!

Pix: um sucesso desde o lançamento 

O Pix foi desenhado pelo BC para facilitar a experiência do usuário - seja ele pagador ou recebedor. E conseguiu: ficou tão simples, rápido e barato quanto um pagamento realizado no dinheiro vivo e, mesmo assim, tão seguro quanto os meios de pagamento que já conhecemos. 

Não por acaso, o Pix teve alta adesão imediata. Dois meses depois do lançamento, o número de transações via Pix havia ultrapassado o de TEDs e DOCs juntos. Cinco meses depois, eram 206.575.274 chaves cadastradas, para 80,6 milhões de pessoas físicas e 5 milhões pessoas jurídicas. 

Tais chaves foram responsáveis pelos 394 milhões de transações financeiras que ocorreram em março de 2021. Destas 253 milhões eram P2P, isto é, de pessoa para pessoa, enquanto 35 milhões eram P2B, ou seja, de pessoa para negócios.

Esses números mostram que o uso do Pix em compras está em grande ascensão e que a moda já pegou. Além de ser uma grande oportunidade para quem aderir já, pelo volume de usuários. 

E é para isto que estamos aqui hoje: para mostrar a você que utilizar o Pix como meio de pagamento na sua frente de caixa de supermercado só tem a agregar benefícios. Confira um pouco mais sobre eles a seguir!

Vale a pena ter Pix na frente de caixa de supermercado?

A resposta é: sim. Confira a seguir alguns motivos. 

1. O Pix continuará a evoluir

Como vimos, o número de transações via Pix em negócios vem ganhando bastante adesão. É o que mostra a proporção de transações P2B (pessoa para negócio), B2P (negócio para pessoa) e B2B (negócio para negócio) em relação à P2P. 

Ela vem crescendo consistentemente mês a mês. Se em novembro foi de 17% para transações envolvendo negócios e de 83% envolvendo só pessoas, em março de 2021  já era de quase 25% para 75%. Esse equilíbrio tende a evoluir ainda mais.

Isso, porque o Pix continuará a ser explorado pelo Banco Central, e a agenda de novos produtos relacionados ao meio de pagamento para 2021 vai ao encontro das necessidades dos negócios. Dentre as novidades anunciadas estão: mecanismo de devolução do Pix, Saque Pix, Pix Conta Salário, Mecanismo de Devolução em Caso de Fraude, Pix Cobrança e Pagamento Offline.

Sabendo disso, essa é a hora de levar o Pix para a sua solução de frente de caixa, para, inclusive, sair na frente das lojas que ainda não têm

2. Agilidade no atendimento

Quando você integra o Pix à sua solução de frente de caixa de supermercado, você ganha uma possibilidade a mais de agilizar atendimentos.

Pagamentos realizados por cartão e dinheiro - são os mais tradicionais, mas podem  demorar, seja pelo processamento, seja pelo troco etc.

Já com o Pix, toda a transação é realizada em até 10 segundos: o estabelecimento gera um QR code, e o pagamento é feito pelo aplicativo da instituição do cliente no celular. Basta ler o código e digitar a senha, que está pago.

Isoladamente, a diferença de tempo é pequena, mas, quando tem fila no caixa, oferecer Pix pode fazer a diferença quando se observa o todo. A economia de tempo será grande no fim do dia

3. Desintermediação de pagamentos e redução de gastos com taxas

Estes são os dois maiores benefícios de contar com o Pix integrado à sua solução de frente de caixa de supermercado. A economia com taxas é enorme, se compararmos os gastos de um estabelecimento comercial com cartões de débito e crédito, por exemplo.

Algumas operadoras cobram até 6% do valor da venda pela transação, além de demorarem até 30 dias para repassarem o dinheiro para o estabelecimento. Já usando o Pix, as taxas são bem menores, dependendo de cada instituição. 

Sobre a desintermediação, o destaque fica para o fato de que o valor pago pelo seu cliente fica disponível imediatamente na conta do estabelecimento comercial. Isso melhora o capital de giro e o planejamento de caixa, além de trazer mais segurança por não lidar com grandes quantidades de dinheiro físico no caixa no fim do dia.

4. Clientes satisfeitos

O Pix é um meio de pagamento que por si só já satisfaz o cliente na frente de caixa. Afinal, quem nunca esqueceu a carteira, não é mesmo? 

Com sua rapidez, facilidade e segurança, o Pix supera ainda mais as expectativas ao eliminar vários pontos de fricção das formas já conhecidas de pagamento. Assim, eleva a experiência do cliente a outro nível de satisfação.

Isso é importante também para a imagem do estabelecimento, que é visto como uma empresa moderna, atraindo novos clientes.

Oferecer um meio de pagamento adicional ao seu cliente, significa garantir a satisfação do cliente e evitar a perda de vendas Por isso, considere o investimento!

5. Pagamento sem contato

Feito apenas com um celular, o Pix é um meio de pagamento totalmente sem contato, opção que demonstra atenção do estabelecimento às medidas que vieram com a pandemia

Os clientes valorizam o cuidado e observam as práticas dos estabelecimentos em relação à higiene. Ter o Pix dentro da solução de frente de caixa, portanto, pode ser o meio de pagamento sem contato que faltava no seu supermercado!

6. Lucratividade

É comum que alguns clientes desistam de uma compra ao perceberem que o estabelecimento não aceita o meio de pagamento que estão dispostos a usar. 

Com a adesão maciça ao Pix por parte das pessoas físicas, esses clientes irão passar a considerá-lo como a sua principal forma de pagamento, e o exigirão dos negócios onde consomem, sob pena de acabarem desistindo da compra, sobretudo no varejo. 

Por isso, adotar o Pix poderá afetar positivamente também a lucratividade do negócio.

Pix: benefícios que valem a pena

Como vimos, o Pix vale a pena para o seu estabelecimento! A tendência é que ele se imponha não apenas como mais uma opção de pagamento na frente de caixa de supermercado, mas como um dos principais meios de pagamento.

E aí, você já considerou essa possibilidade como meio de pagamento no seu supermercado? 

Muitas vezes, os gestores sabem da importância de adotar inovações para atender melhor os clientes, mas têm dificuldade de implementar pelo receio de que pode ser complicado ou caro demais. 

Como você viu, esse não é o caso do Pix, que tem caído no gosto dos brasileiros. E agora ele pode estar integrado à sua solução de frente de caixa. Já conversou com o seu fornecedor?

E para você se aprofundar mais no conceito de pagamentos instantâneos, leia também: o que é o Pix?

Similar posts

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Quer saber quais são as últimas notícias do setor em primeira mão? O seu próximo clique tem que ser aqui.