Pix Saque e Pix Troco: Clientes Matera oferecem, desde fevereiro, as funcionalidades

Lançado em novembro de 2021 pelo Banco Central, a nova opção de saque se destaca pela facilidade e a exclusão de intermediários, resultando em redução de custos


Mesmo com a popularização dos meios de pagamento digitais, o dinheiro físico ainda não está com seus dias contados - muito longe disso. Uma pesquisa realizada em agosto de 2021 pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), em parceria com o Sebrae, mostra que o dinheiro ainda é a modalidade de pagamento mais utilizada no país, sendo que 71% da população recorre às cédulas e moedas para realizar suas operações financeiras. Em seguida vem o Pix (70%), cartão de débito (66%) e cartão de crédito (57%). Nesse contexto, o Pix Saque e Pix Troco são duas novidades que trazem mais conveniência.

As novas funcionalidades foram incorporadas ao Pix em novembro de 2021. A primeira permite que o cliente realize saques em qualquer estabelecimento que ofereça o serviço (comércio, caixas eletrônicos das instituições financeiras e caixas 24h). A dinâmica da segunda segue o mesmo princípio, com a diferença de que o troco está atrelado a uma compra

Pouco tempo após essa implementação, em Fevereiro de 2022, os clientes Matera já podiam utilizar essa funcionalidade. A tecnologia da Matera permite que o Pix Saque e Troco sejam habilitados para os clientes integrados às APIs do Pix. Estamos dando mais um passo na evolução dos meios de pagamento e muito em breve, será possível sacar em qualquer lugar sem a necessidade de intermediários como bandeiras ou caixas eletrônicos. 

Como funciona?

No caso do Pix Saque, o cliente estará apto a utilizar em qualquer estabelecimento comercial (como padaria, lojas de departamento e supermercados). Será preciso apenas realizar a leitura de um QR Code, fazer um Pix para a conta do estabelecimento comercial com o valor que deseja sacar e retirar o dinheiro no caixa.

O Pix Troco permite que o cliente tenha acesso ao dinheiro em espécie durante o pagamento de uma compra. Sendo assim, o cliente realizará um Pix equivalente à soma do valor da compra adicionando o valor do troco desejado e receberá a diferença em espécie. Por exemplo, o usuário que estiver realizando uma compra de R$100 e desejar sacar R$ 50 poderá efetuar um Pix de R$ 150, através da leitura de um QR Code gerado pelo estabelecimento comercial, e receber R$ 50 em espécie.

Embora ambas funcionalidades estejam sendo propostas em conjunto, é importante ressaltar que são produtos distintos, como reforça o Banco Central, e que ambos são serviços opcionais com o objetivo de levar mais conveniência aos cidadãos.

Quais são as principais vantagens do Pix Saque e Pix Troco?

Para o cidadão, haverá mais conveniência e facilidade de acesso ao dinheiro físico, isenção de tarifas até o 8° saque, além de estímulo ao uso dos meios eletrônicos - isso porque, dada a formação dessa grande rede de pontos de saque, que deixará o dinheiro físico muito mais disponível, o usuário terá mais segurança em saber que poderá efetuar um saque a qualquer momento em qualquer lugar, em situações nas quais precisará do dinheiro físico com mais urgência, tendo mais estímulo a manter boa parte de seus recursos em meios eletrônicos.

Por outro lado, para o comércio, as novas funcionalidades incentivarão o aumento do fluxo de clientes e, consequentemente, da visibilidade de seus produtos e serviços (efeito vitrine). Por exemplo, um usuário que deseja realizar um Pix Saque e que veja que determinado estabelecimento próximo a ele oferece esse serviço, ao entrar na loja, estará exposto aos produtos ou serviços que ela oferece, podendo ser uma oportunidade de, ao invés de apenas realizar o saque, fazer uma compra e, portanto, realizar um Pix Troco. Ainda, o estabelecimento que aderir ao Pix Saque e ao Pix Troco reduzirá custos com transporte de numerário e terá acesso a mais uma fonte de receita, visto que receberá uma tarifa de, no mínimo, R$ 0,25 por transação.

Outra vantagem a ser destacada em relação aos serviços do Pix é a facilidade de implementação e customização que permite que o comércio defina horários de disponibilidade e valores a serem oferecidos através do Pix Saque e Pix Troco, respeitando o limite de valor máximo de R$500 durante o dia e de R$100 à noite, entre 20h e 6h, como estipulado pelo BC.

Por dentro do mercado

Além das oportunidades de negócio que a funcionalidade gera, algumas empresas já estão investindo em projetos-piloto e indo além. O Mercado Pago, por exemplo, deu início à implantação do saque e depósito via Pix. O programa tem o objetivo de engajar os clientes e aumentar as funções e rentabilidade dos negócios que embarcarem nessa tendência.

Onde encontrar

Para auxiliar na evolução e popularização da funcionalidade surgiu o mapa do Pix Saque e Troco, projeto realizado pela Associação Brasileira de Fintechs (ABFintechs). A plataforma permite acompanhar, em tempo real, quais estabelecimentos estão ativos para trabalhar com o Pix Saque e Pix Troco.

Sua empresa pode deseja ofertar o Pix e aproveitar as oportunidades de funcionalidades como o Pix Saque e Pix Troco? Clique aqui e descubra como!

 

Similar posts

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Quer saber quais são as últimas notícias do setor em primeira mão? O seu próximo clique tem que ser aqui.