Payfac

Na prática: Como o PayFac da Matera transforma o seu negócio com o Pix

A solução da Matera permite a integração e inclusão desse pagamento instantâneo. Confira uma entrevista exclusiva com um de nossos parceiros e entenda na prática.


O PayFac é uma solução da Matera que permite a integração de um ecossistema de pagamento benéfico para o negócio. Se antes lojistas e pontos de venda ficavam dependentes de vários intermediários, como as maquininhas de cartão, bancos e bandeiras, com o surgimento do Pix, novas oportunidades foram criadas para realizar transações, barateando e agilizando o processo. 

Muitas empresas de diversos segmentos já enxergaram a oportunidade de embarcar nessa tendência, como é o caso da Quality Automação, uma empresa que faz parte do programa de parceiros do Matera Ecosystem. Para exemplificar na prática, trouxemos um bate-papo com Anderson Henrique, presidente da Quality, que nos conta um pouco sobre a trajetória da empresa com o Ecosystem e dá dicas para negócios que ainda têm dúvidas sobre a adesão do PayFac. 

Qual era a maior dificuldade da Quality antes da contratação do Payfac? 

Nós observamos uma movimentação do mercado em que as pessoas estavam recebendo em Pix, mas dentro disso tinham uma dificuldade que era confirmar em extrato bancário se aquele Pix caiu ou não e se o cliente realmente pagou.  A partir disso sentimos falta de algo integrado. Procuramos a Matera por oferecer uma solução de Pix com sistema integrado que além de facilitar, trouxe um grande diferencial em relação ao mercado. 

Como o Ecossistema Quality mudou após a implementação da solução?

Encontramos no PayFac soluções muito fáceis e rápidas. O API é produtivo, então traz facilidade de abrir contas bancárias, e gerar QR code do Pix, além de confirmar pagamentos, tudo com estabilidade. Isso facilitou muito a integração com nosso sistema para oferecer a solução de Pix para o nosso cliente. Além de ser uma facilidade para nós, os clientes observaram que isso é muito vantajoso para eles porque traz a segurança de que o Pix foi realmente confirmado e o sistema já consegue mostrar na hora para o operador.

Em relação ao público, como foi a aceitação da nova forma de pagamento e como isso impactou nas transações gerais da Quality?

A partir da movimentação do Pix, desde seu lançamento e a integração com o sistema da Quality,  a gente viu essa operação crescer de forma surpreendente mês a mês. Em setembro do ano passado, 2021,  eram 7000 transações por mês, mas em março de 2022 batemos 100 mil transações e agora em maio batemos 150.000 transações. Então, houve um crescimento rápido principalmente porque o consumidor está cada vez mais acostumado a usar o Pix e prefere esse meio de pagamento em relação ao cartão, seja de débito ou crédito. 

O comerciante também está aderindo a essa necessidade, muito impulsionado pela necessidade do consumidor que quer pagar com Pix. Talvez, hoje, estabelecimentos comerciais que não aceitam Pix vão ao longo do tempo perder clientes porque o consumidor está buscando formas mais rápidas e seguras de pagamento e essa funcionalidade tem trazido essa vantagem. A estabilidade da Matera tem nos auxiliado porque a gente consegue crescer bastante com um bom suporte e atendimento. Tudo isso, junto com a facilidade durante a implementação, nos deu credibilidade para atendermos nossos clientes.

Qual é a dica que você dá para empresas que pensam em integrar o Pix ao negócio mas ainda não fizeram?

Eu vejo que o pagamento com Pix é uma tendência de mercado e se torna cada vez mais uma necessidade para empresas de software integrarem soluções ao Pix. A falta de integração não é viável para nenhum comércio porque com o alto volume de pagamentos fica difícil conferir manualmente tendo a segurança da transação. Outra coisa que vejo para as empresas de software é que o Pix se tornou uma nova modalidade de recebimento, mas o mercado mudou muito e trouxe novos gastos quando o assunto são equipes de desenvolvimento. O mercado está cada vez mais digital e essa forma da gente ter uma nova receita também nos ajuda bastante no desenvolvimento de novas aplicações. Então, toda receita que a gente recebe com o Pix faz jus ao trabalho que a gente já faz dentro dos estabelecimentos comerciais levando as soluções para o comerciante. A Matera tem uma solução muito fácil, muito veloz e de desenvolvimento rápido para integrar. Com isso traz uma boa experiência para o usuário final. 

Fique por dentro dos conteúdos e encontre a melhor oportunidade para o seu negócio com o PayFac da Matera! 

Similar posts

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Quer saber quais são as últimas notícias do setor em primeira mão? O seu próximo clique tem que ser aqui.