INSTANT PAYMENTS (Pix)

1,4 bilhão de transações mensais: Entenda a evolução do Pix, quais as novidades desde o lançamento e o que vem por aí!

Desde seu lançamento o Pix evoluiu e contou com diversas mudanças. Entenda como a ferramenta evoluiu e vai se expandir mais ainda:


Mais de um ano após o lançamento, o Pix continua surpreendendo e facilitando a vida dos brasileiros com suas variações e novidades! Em apenas 12 meses, já havia ultrapassado a quantidade de transações realizadas em meios de pagamento tradicionais. 

Hoje, são mais de 8 milhões de empresas utilizando esse meio de pagamento com cerca de  113 milhões de usuários, fazendo com que o Brasil seja classificado como o segundo país que mais usa meios de pagamentos instantâneos, perdendo apenas para a China.

Mês a mês o número de transações realizadas só aumenta trazendo ainda mais solidez para o sistema e garantindo a transformação do mercado: além da facilidade de inclusão social para os desbancarizados no país, gera oportunidades de negócios para diferentes nichos. Segundo o TecnoBlog, cerca 6,2 bilhões de operações foram efetuadas via Pix durante os primeiros 12 meses de existência.

Dados do Banco Central indicam que o Pix conta com 1,4 bilhões de transações mensais, ultrapassando os meios de pagamento convencionais como o boleto (349,2 milhões), TED, DOC Cheque e TEC. O aumento dessa adesão é um reflexo de diversos fatores, desde facilidade, segurança até redução de taxas, funcionalidades mais automáticas e etc. Para continuar crescendo, novas funcionalidades foram anunciadas, como por exemplo: Conta salário Pix, Pix Cobrança, Pix Saque e Pix Troco, Mecanismo Especial de Devolução. Essas novidades permitem que o Pix traga oportunidades de negócio para todos os segmentos com um ecossistema próprio, maior controle do fluxo de caixa, mecanismos antifraude e maior rentabilidade. Entenda melhor as novidades:

Conta Salário Pix:

Se antes apenas usuários de conta corrente (depósito) e poupança podiam usufruir das funcionalidades do Pix, hoje já não mais. A funcionalidade da Conta salário Pix, permite que a empresa envie dinheiro para a conta-salário do empregado por meio do Pix. Da mesma forma, o trabalhador poderá receber o salário de forma instantânea em sua conta corrente por portabilidade ou Pix. 

Pix Cobrança: 

O Pix Cobrança é uma alternativa de boleto bancário. Uma funcionalidade que beneficia principalmente pessoas jurídicas. Para fazer a cobrança com essa modalidade, basta gerar um QR Code dinâmico. Ou seja, um QR Code exclusivo para cada transação e que funciona para pagamentos de contas específicas, que serão pagas apenas uma vez. Além do QR Code, o gerador também pode incluir valor, data de vencimento, juros, descontos e multas— caso o pagamento esteja atrasado.

Usando o aplicativo do banco, fintech ou internet banking, o cliente pode escanear o código e realizar o pagamento. O sistema do Pix Cobrança se encarregará de fazer a ponte entre quem paga e quem recebe,  instantaneamente. Essa modalidade pode ser usada tanto no e-commerce, como em pontos físicos de venda.

Pix Saque & Troco:

O Pix Saque é uma modalidade que transforma estabelecimentos cadastrados em uma espécie de “caixa eletrônico”, facilitando o saque de valores em espécie. A funcionalidade tem a mesma base de um saque convencional feito em terminais de atendimento do seu banco, a única diferença é a presença do QR Code. Basta usar o celular para ler um QR Code, fazer um Pix para a loja e receber o valor em dinheiro em espécie. Por exemplo, se você faz um Pix de R$ 100, então o estabelecimento devolve os mesmos R$ 100 em notas físicas.

O Pix Troco é semelhante ao Pix Saque. A partir de um QR Code o cliente faz um pagamento ao estabelecimento pagando um valor  superior ao da mercadoria ou serviço e o estabelecimento devolve em dinheiro o valor excedido. Exemplo: você faz uma compra de R$ 400, mas faz um Pix de R$ 500. O comerciante então te devolve R$ 100 em espécie. Daí vem o nome “Pix Troco”.

Mecanismo Especial de Devolução:

O Mecanismo Especial de Devolução (MED) entra em cena em casos de suspeita de fraude, sejam elas identificadas ativamente pelas próprias instituições envolvidas ou quando um usuário faz um Pix, mas logo em seguida se dá conta de que foi vítima de um golpe. É uma das alternativas que deixaram o serviço ainda mais seguro para os seus milhares de usuários por todo o país. Através do Mecanismo Especial de Devolução, o banco pelo qual foi feito o Pix deve fazer um pedido de devolução ao outro banco, no caso, o que recebeu o Pix. Nessa situação, o valor deve ser devolvido em no máximo 24 horas.

O que vem por aí!

Seguindo a agenda evolutiva da ferramenta, muitas novidades ainda estão por vir! Entre elas, uma atualização do Pix Cobrança com a padronização e simplificação da forma de funcionamento dos pagamentos em lote, visando a melhoria do modelo atual em cada IF possui sua própria forma de funcionamento. Pix Débito Automático, com a vantagem de programar transações, evitando que o usuário esqueça. Pix Offline, o com a possibilidade de realizar transações de pagamento instantâneo sem a necessidade de Wi-Fi ou dados móveis de internet.  Pix Internacional, para expandir as possibilidades de transações e da operação de negócios internacionalmente.. Pix garantido, a nova funcionalidade do sistema de pagamentos instantâneos que permitirá realizar pagamentos parcelados. Ótima oportunidade para empreendedores e lojistas e Pix Aproximação, Essa novidade permitirá realizar pagamentos via Pix apenas aproximando o celular da maquininha de cartão. Fácil, prático e seguro!

Quer saber mais? Baixe o e-book completo sobre a Evolução do Pix clicando aqui! 

 

#Pix #PagamentosInstantaneos

Similar posts

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Quer saber quais são as últimas notícias do setor em primeira mão? O seu próximo clique tem que ser aqui.